www.facebook.com/bolinhapneus

Biometria – Minas Gerais apresenta o segundo menor índice do país

Em Santa Luzia, eleitor deve agendar o cadastramento 

Minas Gerais tem o segundo menor índice de cadastramento biométrico do país. De acordo com Segundo o Tribunal Superior Eleitoral (TSE), apenas 4,1 milhões dos 15,7 milhões de eleitores do Estado tinham aderido à biometria até 6 de abril, o que representa 26,05% do total.

Minas está à frente apenas do Rio de Janeiro, que registra 16,56% de adesão entre os cidadãos aptos a votar. No topo da lista estão Tocantins e Goiás. Ambos praticamente concluíram o cadastramento, apresentando 99,94% e 99,86% de adesão.

OBRIGATORIEDADE

Apenas quatro dos 853 municípios mineiros apresentam a obrigatoriedade do cadastro biométrico para as eleições de outubro: Contagem, Betim, Uberlândia e Uberaba. Em Santa Luzia, o cadastramento biométrico se dá por meio de agendamento. o Chefe do Cartório Eleitoral da 246ª Zona Eleitoral, Edvano Lima, ressalta que os eleitores estão procurando o cartório acreditando que a biometria já será obrigatória na cidade.  “Muita gente tem procurado o cartório, achando que a biometria é obrigatória. Importante ressaltar que, quem já é eleitor, não precisa procurar o cartório nesse período tumultuado por conta da eleição de outubro. O eleitor terá o ano de 2018 e o ano que vem todo para realizar o cadastramento biométrico. Basta agendar no disque-eleitor, no número 148”, ressalta Edvano.

ADESÃO EM SANTA LUZIA

Dos 158.702 eleitores de Santa Luzia, 33.335 (21%) já realizaram o cadastramento eleitoral. Os eleitores da Zona Rural lideram o ranking, seguidos dos moradores de Pinhões, Duquesa, Boa Esperança e Centro. Já na contramão, na parte de baixo da tabela, aparecem os eleitores do São Cosme, Vila Olga, Frimisa e São Benedito.

Ainda de acordo com Edvano Lima, o prazo para se inscrever como eleitor ou para transferir a inscrição eleitoral de outra cidade para Santa Luzia termina em 09 de maio. A partir de novembro as atividades do recadastramento serão retomadas.

 

 

 

 

 

Share

Add a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *