www.facebook.com/bolinhapneus

JOVENS ESTRANGEIROS SE PREPARAM PARA A JORNADA MUNDIAL DA JUVENTUDE E PASSAM POR SANTA LUZIA

Jovens em frente a Igreja Matriz de Santa Luzia
Jovens em frente a Igreja Matriz de Santa Luzia

Cerca de 60 jovens peregrinos de diversos países como Argentina, Uruguai, Paraguai e Estados Unidos, além de brasileiros da região nordeste estão em Santa Luzia desde a última segunda feira.

Marcelo Barbosa integra a paróquia Santíssima Trindade, no bairro Palmital e explica como os jovens chegaram até Santa Luzia. “Eles chegaram à cidade depois de participarem do encontro do MAGIS ( experiência espiritual, cultural, pastoral, social e missionária de jovens que cultivam a espiritualidade inaciana, realizada nos dias que antecedem às Jornadas Mundiais da Juventude), na semana passada em Salvador. De lá foram destinados a viver experiências da vida do povo em diversas partes do país”, disse.  Os jovens estão alojados na paróquia, no bairro Palmital.

Na manhã desta quarta feira eles chegaram por volta das 6h30 à Igreja do Rosário. De lá, passaram pela Igreja Matriz e seguiram em caminhada pela cidade com destino a Serra da Piedade, em Caeté. Serão três dias de caminhada  passando por Ravena até chegarem na Serra da Piedade quando acontece um momento celebrativo. Na próxima sexta feira, as 20h, acontece a celebração de encerramento na paróquia, no bairro Palmital. De lá, eles seguem para o Rio de Janeiro.

Letícia Rodrigues - Teresina (PI)
Letícia Rodrigues – Teresina (PI)

Letícia Rodrigues, 22, é de Teresina, no Piauí. “Viver um pouco dessa experiência pela primeira vez é magnífico. É um evento grandioso. Ter contato com jovens de outros países é muito bacana”, disse. Ela ressalta ainda as diferenças de culturas em Santa Luzia. “ O que mais me chamou a atenção foram as diferenças sociais. De um lado tem  vilas, de outro, a parte histórica. Santa Luzia é uma cidade muito acolhedora”, finalizou.

Edgardo Oliva - Paraguai
Edgardo Oliva – Paraguai

Para o paraguaio Edgardo Oliva, 22 anos,  a alegria e a recepção dos luzienses são marcantes. “Desde o momento que chegamos, fomos muito bem recebidos. A alegria que o povo brasileiro transmite é sensacional. Pudemos conhecer a realidade dos moradores aqui no Palmital e esperamos levar essa experiência para o nosso país”, disse.

Matias Leguizano, 19 anos é uruguaio. Para ele os moradores de Santa Luzia têm uma característica marcante.  “É uma gente muito acolhedora. A comunidade é descontraída. Conhecemos a realidade de quem vive na periferia e agora estamos vivenciando o outro lado da cidade. A parte histórica da cidade é muito bonita. Valeu a pena chegar até aqui”, disse.

A Jornada Mundial da Juventude acontece na próxima semana, no Rio de Janeiro. São esperados mais de um milhão de jovens de todo o mundo.

 

MAGIS

O MAG+S é organizado pela Companhia de Jesus, a partir das províncias jesuítas do Brasil, juntamente com outras congregações religiosas de espiritualidade inaciana, grupos laicos e províncias jesuítas de outros países da América Latina.

Há um grupo de trabalho que coordena o MAG+S, um grupo de voluntários sendo recrutado e equipes trabalhando em diferentes partes do país. Além disso, o MAG+S é realizado por cada país, que organiza e motiva suas delegações para participar da experiência.

Share

Add a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *