www.facebook.com/bolinhapneus

Protetor solar ainda é o principal aliado no combate ao câncer de pele

A campanha de conscientização deste mês é voltada ao câncer de pele. O Dezembro Laranja é uma iniciativa da Sociedade Brasileira de Dermatologia, que apresentou este ano dados alarmantes sobre a doença em pesquisa com o DataFolha. De acordo com a apuração, 63% dos brasileiros não usam protetor solar no dia a dia e 106 milhões se expõem ao sol de forma intencional nas atividades de lazer.

 

O diagnóstico é realizado por meio de uma avaliação clínica e de uma dermatoscopia, na qual o médico examina o paciente com um dermatoscópio, uma espécie de lupa com uma luz especial que permite visualizar as lesões com precisão. Em caso de suspeita, a biópsia confirma o diagnóstico. Os tratamentos são variados e somente um profissional pode indicar o mais adequado para cada caso. Dependendo do tamanho e da região onde a lesão está localizada, pode ser feita a cauterização química e curetagem, seguidas pela técnica de eletrocoagulação; a crioterapia com uso de nitrogênio líquido, em que as células são destruídas com a baixa temperatura e a cirurgia para retirada da lesão.

A prevenção é a grande aliada no combate dessa doença e deve ser feita, principalmente, com o uso do filtro solar. Independentemente da temperatura ou estação, é imprescindível utilizar o protetor de duas a três vezes por dia. Ele deve ser aplicado de 20 a 30 minutos antes da exposição ao sol. Se a pessoa suar muito, o ideal é lavar a região e reaplicar o filtro”, explica o dermatologista. Roupas e acessórios, como bonés, chapéus e óculos escuros, também são essenciais para a proteção. Além disso, consultas regulares com os médicos devem fazer parte da rotina de cuidados.

Share

Add a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *