www.facebook.com/bolinhapneus

FESTA DE SANTA LUZIA – 265 ANOS DE EVANGELIZAÇÃO

Durante todo o dia milhares de fiéis visitaram o santuário de Santa Luzia
Durante todo o dia milhares de fiéis visitaram o santuário de Santa

 

Acompanhada por música, fogos, muito calor, e cerca de cinco mil fiéis, segundo a organização da festa, numa demonstração de fé e gratidão que se renova a cada ano. Assim foi a imagem de Santa Luzia em procissão saindo da Igreja Matriz e passando pelas Ruas do Serro, Floriano Peixoto e Direita, até retornar ao santuário, no fim da tarde e início da noite do domingo, 13, no encerramento da tradicional Festa de Santa Luzia. Iniciada a meia noite do mesmo dia com celebração de missa na Igreja Matriz com as presenças do prefeito e vice-prefeito, Dr. Gilberto e Aguinaldo Campos. Ainda segundo a organização da festa, mais de 50 mil fiéis passaram pelo santuário durante todo o domingo para celebrar Santa Luzia.

Fiéis como a Sra. Maria das Mercês do bairro Alto Bela Vista, que apesar de Santa Luzia ser a protetora da visão, com muita fé alcançou outra graça e foi agradecer o fato de o marido ter parado de beber: “Há 20 anos meu marido bebia muito. Sempre vinha pedindo para Santa Luzia para ele parar de beber. Até que um dia, há um ano ele parou de beber. Por isso vim agradecer. Todos os anos eu venho, mas esse ano é especial”, comemora dona Maria das Mercês. 

Pedir proteção para as vistas além de agradecer pelo fato de ter se curado de vários problemas de visão. Esse foi o objetivo de Flávio Rodrigues, 40, morador do bairro Rio Branco, em Belo Horizonte. Com muita fé Flávio percorreu os cerca de cinco quilômetros da procissão, e bastante suado foi um dos primeiros a entrar na igreja Matriz atrás da imagem da padroeira da cidade: “Sou muito devoto a Santa Luzia, tenho muita fé. Há 20 anos venho à festa, faça chuva, faça sol, em qualquer dia da semana. Já tive alguns problemas de vista e ela, (Santa Luzia), me curou. Sempre peço proteção para minha visão”, afirma Fábio, visivelmente emocionado.

Responsável pela celebração da última missa do dia, o arcebispo de Teófilo Otoni, Dom Aloísio Vitral destacou a fé dos fiéis: “A maior riqueza que a igreja tem é o povo. Essa coisa bonita, essa fé que lateja silenciosamente no coração das pessoas. Porque com esperança a vida se torna mais saborosa, o coração dilata, a interioridade da gente fica cheia de espírito e a gente caminha com mais leveza e mais firmeza aqui na terra. Então eu vibro de poder ver o nosso povo de maneira bonita podendo estar junto recebendo a eucaristia e a palavra de Deus”, finalizou Dom Aloísio.           

Share

Add a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *