www.facebook.com/bolinhapneus

Formatura do Proerd – 2ª Turma

650 alunos de sete escolas receberam os certificados

A terça-feira (5),  foi dia de festa para alunos, pais, profissionais da educação e militares do 35º Batalhão de Santa Luzia. As turmas do PROERD – Programa Educacional de Resistência às Drogas – do 2º semestre de 2017, formadas por 650 alunos de sete escolas, entre estaduais e municipais, receberam os certificados pela conclusão do curso que visa prevenir os adolescentes do uso e consumo de álcool, tabaco e outras drogas. Para o Comandante do 35º Batalhão da PMMG, Ten. Cel. Walter Anselmo, o Proerd é uma ferramenta fundamental para alertar os estudantes sobre o álcool e outras drogas. “Finalizamos o ano com essa segunda turma composta por mais de 600 alunos. É de extrema importância essa parceria com as escolas para alertar as crianças e os jovens sobre a prevenção às drogas”, afirmou o comandante.

Juíza Maria Beatriz Biasutti

Para a Juíza de Direito na 2ª Vara Criminal da Infância e da Juventude da Comarca de Santa Luzia, Dra. Maria Beatriz Biasutti, o Proerd é fundamental para que os jovens não façam a escolha pelo caminho, na maioria das vezes sem volta, que é o das drogas. “Pela nossa experiência, seja na vara criminal, onde julgamos as pessoas que praticam crimes que têm idade entre 18 anos ou mais, seja na área infracional, onde julgamos os atos análogos a crimes praticados por pessoas com idade inferior a 18 anos e igual, ou superior a 12, o que a gente mais percebe é que o tráfico de drogas é o pano de fundo, quando não é a cena principal da maioria esmagadora desses atos”, disse. A juíza ressaltou, ainda, que cada vez mais os jovens estão perdendo a vida por conta das drogas. “O que a gente lamenta é que cada vez mais a idade dos envolvidos é menor. Infelizmente, nós temos deparado, diariamente, com certidões de óbito de pessoas nascidas em 2000, em 2002, em virtude da guerra pela disputa do controle do tráfico de drogas em Santa Luzia”, concluiu a magistrada.

De forma lúdica, os militares do 35º Batalhão, visitam as escolas e informam aos alunos dessa necessidade, como explica o Sargento Alex, coordenador do PROERD. ” O nosso comandante não abre mão desse curso que é, sem dúvida, uma estratégia de prevenção número um do batalhão. O nosso objetivo principal é levar conhecimento para esses jovens sobre o álcool, tabaco e outras drogas para que eles não sejam enganados. Sensação de dever cumprido”, ressaltou o militar.

O jovem Tauã aprovou o Proerd

Tauã Costa Valdez, 11 anos, estuda na Escola Estadual Afonsino Altivo Diniz, no bairro Asteca, para ele, o Proerd despertou o interesse sobre o assunto. “Foi bem legal, porque a gente aprende sobre como evitar as drogas e também foi diferente da rotina da escola. O Sargento Vítor foi lá e ensinou todos nós. Achei muito bom”, disse.

 

 

 

 

Fotos: Ramon Damásio/VN

Share

Add a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *