www.facebook.com/bolinhapneus

Fernando Pimentel afirma que governo já identificou facções criminosas responsáveis por ataques a ônibus

O governador Fernando Pimentel se reuniu nessa terça-feira (5/6), no Palácio da Liberdade, em Belo Horizonte, com os chefes das forças de segurança do Estado para discutir as ações que estão sendo tomadas para coibir ataques a ônibus em Minas Gerais, que se intensificaram nos últimos três dias, principalmente, nas regiões Sul e Triângulo. De acordo com o governador, as Polícias Militar, Civil e a Polícia Federal em Minas Gerais já identificaram que os atos foram realizados por facções criminosas e que o Estado paga o preço por ter um dos sistemas penitenciários mais rigorosos do país.
 
“Aqui nós não afrouxamos o sistema carcerário para nenhuma organização criminosa. E é por isso que nós estamos pagando esse preço, sofrendo ameaças e sendo atacados. A política carcerária em Minas é uma política que cumpre rigorosamente a lei. Estamos tomando todas as providências para coibir esse tipo de crime”, afirmou o governador durante coletiva a imprensa. No Estado, foram registrados 50 queimas de ônibus em 26 municípios.
 
O comandante-geral da Polícia Militar, coronel Helbert Figueiró de Lourdes salientou o trabalho realizado pela corporação para identificar os criminosos. “Nós estamos trabalhando para a construção de uma inteligência eficiente, com a coleta de dados de todas as pessoas presas para que a gente consiga chegar à célula dessas organizações criminosas que estão motivando e determinando esses eventos em Minas Gerais”, destacou.
 
Crédito (foto): Marcelo Sant’Anna/Imprensa MG
Share

Add a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *