www.facebook.com/bolinhapneus

O poder do “não” na relação entre pais e filhos

Desde cedo é relevante uma boa relação entre pais e filhos, pois esta desestruturada pode afetar diretamente o desenvolvimento da criança. Educar um filho não é uma tarefa fácil, pois requer tempo, paciência, carinho e boa vontade. A criança necessita de amizade, amor, respeito, mas também precisa aprender seus próprios limites para saber viver em sociedade. Assim, se é um desejo dos pais que os filhos tenham uma vida digna, feliz e segura, é necessário que eles façam o seu papel.

Filhos não devem somente receber ordens, é preciso dar a eles um pouco de privacidade de acordo com a idade. Entretanto, é fundamental que as crianças desde os seus primeiros anos de vida aprendam a receber o “não”. O que é isto? Muitas pessoas associam receber um “não” e dar o “não” como negativo, mas, dependendo da forma como você o utiliza é extremamente relevante.

Amar não significa necessariamente ter que dizer sim, e com isto, os pais não têm paciência, ficam com receio, inseguros na hora de educar seus filhos, ficam com pena dos mesmos e acabam mimando-os. Estes pais são chamados de permissivos, ou seja, permitem que seus filhos façam o que querem e fazem de tudo para agradá-los.

Crianças que não aprendem a lidar com o “não” e a recebê-lo na hora certa, certamente poderão tornar-se adultos com grandes dificuldades nos seus relacionamentos interpessoais. Geralmente, os pequenos se espelham nos pais, observam neles certos comportamentos que consequentemente os repetirão nas suas relações pessoais.

É necessário bastante equilíbrio no tratamento dado aos filhos. Os pais devem impor regras/ limites, respeito e disciplina. Pode-se dizer que um ambiente familiar desajustado, no qual a comunicação entre pais e filhos é escassa, a probabilidade da criança tornar-se um adulto inseguro, de baixa autoestima e até mesmo agressivo é maior. Em vez de gritar com seu filho, dialogue, aponte os erros dele sem o ofender, imponha limites ao mesmo sem ser agressivo.

No entanto, o “não” na medida certa é de suma relevância na vida de uma criança, pois ela aprenderá a ter autoconfiança, disciplina, autocontrole. O “não” significa respeito, limites, aprendizado, equilíbrio. Infelizmente, os pais de hoje têm dificuldades de impor e nem tudo se deve fazer aos filhos. Pais que não conseguem lidar com seus próprios problemas, consequentemente não conseguem educar positivamente seus filhos. Para ficar bem claro: não tem regra para educar uma criança, é necessário muita paciência, força de vontade e, acima de tudo, muito amor e dedicação. É importante que os pais construam um ambiente familiar saudável, harmonioso e de respeito, para que os seus filhos cresçam e estejam aptos a viverem em sociedade.

ABRAÇOS INTERNAUTAS!

Taciana Santos

Psicóloga / Colunista

Share

Add a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *