“CAMINHOS E CONTOS” – PROGRAMA DO TJMG CHEGA À APAC DE SANTA LUZIA

O Projeto Caminhos e Contos do Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJMG) foi oficialmente implementado nessa quarta-feira (11), na Apac Masculina de Santa Luzia. Esta será a primeira experiência do projeto em uma Apac Masculina, com a perspectiva de ser expandida em outras Apacs espalhadas pelo interior do estado.

O Projeto Caminhos e Contos, idealizado pelo 2º vice-presidente do TJMG e superintendente da Escola Judicial Desembargador Edésio Fernandes (Ejef), desembargador Tiago Pinto, tem como objetivo incentivar a leitura entre os recuperandos e a formação de contadores de histórias. No futuro os próprios recuperandos poderão expandir o projeto em outras Apacs e em unidades prisionais comuns.

A desembargadora do Tribunal de Justiça de Minas Gerais, Ângela de Lourdes Rodrigues, considera o projeto essencial para reinserção dos recuperandos à sociedade, pois oferece um outro significado para suas vidas. “O projeto traz dignidade, vida e conforto para todos que aqui se encontram, o que reflete diretamente na vida dos condenados, de seus familiares e de toda a sociedade”, afirmou a desembargadora.

Para o presidente da Apac de Santa Luzia, José Maria Miranda, a implantação do projeto é uma grande novidade tanto para a direção do centro de reintegração,  que completa 15 anos no próximo sábado, como para os recuperandos.

“Eles estão ansiosos com o projeto e acredito que todos terão pleno interesse em fazer o curso e futuramente receber seus certificados de contadores de história. Os recuperandos querem contar suas histórias de uma forma que todos possam entender”, diz o presidente da Apac.

 

 

 

 

 

 

Crédito: TJMG

Share

Add a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado.