REAJUSTE NA TARIFA – CÂMARA REBATE PREFEITURA

Três dias após a Prefeitura de Santa Luzia anunciar o reajuste de 18% na tarifa do transporte público coletivo, alegando que o aumento se deu em decorrência da não aprovação de dois projetos de lei enviados ao legislativo luziense, a Câmara Municipal emitiu uma nota garantindo que “os projetos foram reprovados pois não garantiam, mesmo sendo aprovados, que o aumento da passagem não seria feito”.

O legislativo luziense alegou ainda que os projetos foram repassados para a Câmara em caráter de urgência, fazendo com que o tempo para análise e votação fosse mais curto, e que “os mesmos não trariam benefícios para a população, e sim apenas para a empresa prestadora de serviço, os vereadores da Câmara Municipal de Santa Luzia, por 13 votos contra e 3 abstenções, decidiram por reprovar os mesmos”, diz a nota, publicada nesta sexta-feira (21).

OPINIÃO
Enquanto persiste esse “jogo de cena”, esse “empurra-empurra” – já que é de conhecimento de todos que a Câmara é totalmente alinhada com o executivo – quem ficou no prejuízo foi o usuário do transporte público coletivo que tem que desembolsar, desde a última quarta-feira, R$ 5,50 para se deslocar dentro de Santa Luzia.
E os chefes do executivo e legislativo estão preocupados é com a luta, “o combate” marcado para a próxima semana, na inauguração do Centro de Lutas Municipal. E há aqueles que aplaudem e aprovam…
Esse reajuste, pode ser comparado com outra modalidade esportiva: a queda de braço, onde o povo, infelizmente, perdeu mais uma!

 

Share

Add a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado.