www.facebook.com/bolinhapneus

Ansiedade

Cada vez mais cresce o número de pessoas ansiosas no mundo. Com a rotina do dia a dia, o estresse, preocupações, ritmo de trabalho, tudo isto, não administrado de forma equilibrada, pode gerar ansiedade, até mesmo um transtorno.

Todos nós seres humanos, somos ansiosos, ora a ansiedade nos beneficia, ora nos prejudica, dependendo das circunstâncias ou intensidade, podendo tornar patológico ao nosso funcionamento psicossomático. Com a vida corrida e as pressões no âmbito profissional, financeiro e pessoal, nossa mente não relaxa e com isto, não aproveitamos os momentos bons, podendo gerar quadros de ansiedade intensos.

A ansiedade é um estado psíquico natural, emocional, de um receio que algo ruim aconteça. Emoção confusa, voltada para o futuro. Quando se está ansioso, a mente cria vários pensamentos negativos. A ansiedade estimula a pessoa a entrar em ação, porém em excesso impede tais reações.

A ansiedade está relacionada com a experiência de vida e a relação com as mesmas, situações que irão acontecer. Criar em excesso expectativas de algo ou alguém, insegurança, medo dos eventos que ainda não aconteceram se não controlados a ansiedade pode se agravar. A ansiedade normal é quando a pessoa consegue lidar com ela, é aquela que sentimos na véspera de uma prova, de uma reunião importante ou uma viagem que irá fazer na semana que vem. Já a ansiedade patológica é um transtorno mental sério, como por exemplo: O indivíduo se sente desconfortável em todas as reuniões marcadas, imaginando várias situações negativas, apresentando sintomas físicos, podendo até mesmo o impossibilitar de querer ir trabalhar. Uma ansiedade normal se não souber lidar, pode surgir à primeira crise, que se não for tratada, desencadeia um quadro de transtorno de ansiedade. Dentre os transtornos da ansiedade os principais são: Síndrome do Pânico; Fobia Específica; Fobia Social; Estresse Pós-Traumático; Transtorno obsessivo- compulsivo e Distúrbio de Ansiedade Generalizada.

Os sintomas da ansiedade são diversos e variam de pessoa para pessoa. Vem acompanhado por reações físicas desconfortáveis. Destaco os principais: preocupação excessiva com a saúde, vida pessoal e profissional; insônia; medo exagerado; incapacidade de controlar pensamentos negativos; dificuldade de relaxar; muitos pensamentos negativos; falta de ar; roer unhas; arrancar pelos e cabelos; fadiga; aumento ou falta de apetite; dores pelo corpo; palpitação; tensão muscular; boca seca; sudorese; irritabilidade e inquietação. O desconforto pode se tornar imenso, que a pessoa passa a evitar determinados lugares ou até mesmo deixar de fazer suas tarefas.

Contudo, a ansiedade é natural. Se ela, está afetando a sua vida como um todo, procure uma ajuda profissional. O objetivo da terapia é mostrar ao paciente o porquê dele estar se sentindo desta forma e ajudá-lo a encontrar os fatores desencadeantes da ansiedade. Com o intuito de trabalhar com o paciente, formas para que ele saiba lidar com seu estado ansioso. É relevante viver positivamente, não se cobrar tanto, estar bem consigo mesmo, estar seguro, em equilíbrio. Mente sã e corpo sadio, são armas positivas para lidarmos com qualquer dificuldade do dia -a- dia.

Abraços Internautas!

Taciana Santos é psicóloga e colunista do Virou Notícia

Share

Add a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *