www.facebook.com/bolinhapneus

Prefeita convoca coletiva de imprensa

Roseli Pimentel (PSB) convocou a imprensa local para uma coletiva na tarde dessa quarta (1/3), em seu gabinete. Durante duas horas, a chefe do executivo falou sobre as principais ações que vem desenvolvendo nos últimos sessenta dias.

O VIROU NOTÍCIA acompanhou e transmitiu ao vivo a coletiva. A prefeita começou explicando sobre a realização do carnaval. “Às vezes eu me perguntava: será tenho que fazer esse carnaval? Tenho sim! Era um recurso da cultura. Valorizamos as bandas locais, o comércio, enfim. Nós temos dotações orçamentárias que têm que ser gastas em cada pasta. Eu não pudia pegar esse recurso e tapar buraco com ele. Só pra ficar claro o valor gasto estará disponível no site da prefeitura, nesta quinta-feira”, explicou Pimentel.

Fotos: Ramon Damásio

Recapeamento de vias

Segundo Roseli a empresa detentora da licitação não executou um serviço de qualidade. Por conta disso, a prefeitura não efetuou alguns pagamentos. Ainda segundo a prefeita, se a empresa não refizer o trabalho, o contrato será rescindido. “Temos um contrato que está em vigor com a empresa que já realizou uma quantidade razoável de asfalto na cidade, mas não fez um serviço 100%”.

Iluminação Pública

Apesar de inúmeras reclamações de moradores dos quatro cantos da cidade, com relação a falta de iluminação, a prefeita garantiu que na próxima semana a parte que depende da prefeitura, estará concluída. “Não existe um contrato em vigor com a Selt Engenharia. Essa empresa atuava na cidade há 20 anos. Estou brigando com gente grande. Vamos fazer uma licitação. Não podemos realizar uma contratação emergencial. Mas ainda não há uma previsão concreta de quando irá acontecer, temos que seguir todos os trâmites. A lei prevê uma série de recursos que podem atrasar o processo. Mas a parte interna, que depende da prefeitura, será concluída na próxima semana”, garantiu Roseli.

“Estou brigando com gente grande”, disse a prefeita referindo-se às empresas que prestam serviço na cidade.

Transporte Público

A prefeita admitiu que o empresário Heloísio Silveira –  do Grupo Rodap – tenta uma agenda com ela desde o início do ano e que, em breve, irá recebê-lo. “Não acho justo pegar um ônibus que a passagem custa R$ 3,80 e pagar outra  no Move na Avenida Brasília, por exemplo. A empresa queria reajustar o preço da passagem para R$ 4,20. Mas já disse e repito: os monopólios vão acabar. Já começou com a minha eleição: luziense, nascida e criada na cidade, primeira mulher eleita, e o monopólio do transporte público em Santa Luzia será mais um deles. Se precisar, vamos brigar, vocês me conhecem”, reafirmou Roseli.

Hospital Municipal

Roseli Pimentel garantiu que, em breve, a cidade terá um PA onde hoje funciona o Hospital Municipal, composto por pediatras, ortopedistas, cirurgiões, clínicos e até infectologistas. ” Estamos contratando uma OS (Organização Social) que vai absorver a demanda da saúde e também irá assumir parte da obra. Temos um convênio com o Hospital Evangélico (HE) e iremos trazer 10 leitos de CTI para Santa Luzia. Com isso, praticamente vamos dobrar o número de leitos do hospital. Também vamos construir, atrás do hospital, o centro de hemodiálise, também em parceria com o HE. Tivemos dificuldade para achar uma OSS idônea. O contrato será de três meses, até que finalizemos o concurso de projetos que foi iniciado em 2016″, disse.

Hospital São João de Deus

A chefe do executivo voltou a afirmar que existe a possibilidade de a prefeitura contratar alguns serviços do HSJD, como a esterilização e a lavanderia. ” Já entramos em contato com a irmandade. Esse dinheiro servirá para que eles quitem o passivo trabalhista. A irmandade sabe que temos interesse em absorver a maternidade, mas eles precisam estar com tudo legalizado”, afirmou.

A entrevista completa está disponível em nossa página no Facebook. Acesse e assista

 

 

Share

Add a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *